Até o infinito e além

by

Quantos de nós ainda se lembram do padre baloeiro? Já se passou algum tempo desde o “pobre” deu aquela baita ‘cagada’. O que apresento neste post não é necessariamente mais um infeliz que tentou sair voando com alguns balões e se deu mal, mas a história de uma comunidade que se juntou para escrever alguns  pedidos (paz mundial, igualdade, etc) em algumas bexigas e mandar aos céus e esperar que alguém as vissem e se comovesse.

Enfim, retornando ao padre, a cagada foi a mesma, não se preocuparam com os detalhes sórdidos do procedimento. Confiram como tudo aconteceu:

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: